Homeopatia | Saúde Integral | Prevenção

Sobre

Dra. Bárbara A. Ottoboni

Médica formada pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo com especialização em homeopatia. Pós-graduada em adequação nutricional e manutenção da homeostase – prevenção e tratamento de doenças relacionadas à idade. Formação de terapeuta neural e terapeuta integrativa quântica. Com um olhar integrativo e quântico utiliza recursos terapêuticos a fim de melhorar a qualidade de vida dos pacientes de forma suave, gentil e duradoura.

Você já ouviu falar em Medicina Integrativa?

As práticas integrativas são tratamentos complementares ao da medicina convencional que utilizam recursos terapêuticos baseados em conhecimentos tradicionais para tratamento e prevenção de doenças. 

HOMEOPATIA é uma especialidade médica que propõe uma concepção avançada e integrada da saúde do indivíduo como um todo, e não de suas partes. É uma terapêutica orientada para a compreensão do paciente dentro do seu mundo e das suas reações às agressões que sofre.

A Homeopatia nasceu das práticas do médico alemão Samuel Hahnemann que experimentou substancias ultra diluídas capazes de produzir no homem sadio sintomas semelhantes aos da doença que se deve curar (princípio dos semelhantes) apoiando-se na observação de que “toda substância que provoca determinados sintomas numa pessoa sadia pode ser usada para tratar esses mesmos sintomas numa pessoa doente”.

Diferentemente da Fitoterapia, que é a utilização de plantas medicinais no tratamento de doenças, a qual se assemelha mais ao princípio terapêutico “alopático” que se baseia no princípio dos contrários que buscam suprimir os sinais e sintomas das doenças com substâncias (sintéticas ou naturais) que atuem de forma contrária aos mesmos (“anti-“). Exemplificando: anti-inflamatório para tratar a inflamação, antiácido para tratar a acidez, antidepressivo para a tratar depressão, antitérmico para tratar a febre, dentre outros.

A consulta homeopática e o medicamento homeopático

O médico homeopata tem como finalidade escolher dentre os três mil medicamentos homeopáticos experimentados aquele que foi capaz de provocar nos indivíduos sadios sintomas semelhantes (“homeo-“) aos que se desejam tratar nos indivíduos doentes, com o intuito de estimular o organismo a reagir contra a sua enfermidade, fazendo um estímulo à sua energia vital ou homeostase curativa – trazendo o indivíduo de volta ao seu estado de saúde. Torna-se indispensável o conhecimento dos sinais e sintomas objetivos e subjetivos do paciente, a fim de que se possa encontrar o medicamento que mais se lhe assemelhe (medicamento individualizado) – sendo importante ao homeopata as peculiaridades individuais incomuns à consulta médica convencional. Assim, a consulta abrangente e minuciosa tem duração de uma a duas horas de duração, por meio da qual o médico homeopata busca identificar o melhor medicamento ao paciente. Este medicamento é ultradiluído a fim de diminuir o poder patogenético e evitar possível agravação dos sintomas, de forma análoga às doses infinitesimais da imunoterapia sublingual clássica.

Tudo que diga respeito ao paciente exprime o estado de sua vitalidade, englobando os aspectos subjetivos (ilusões, sonhos, sensações, sentimentos e pensamentos) e objetivos (aspectos gerais e físicos) que o caracterizam. É preciso conhecer as suscetibilidades físicas, gerais e psicoemocionais do paciente para direcionar a escolha do medicamento individualizado pelo homeopata em busca do equilíbrio biopsicossocioespiritual do paciente.

Homeopatia Integrativa

Nos escritos de Hahnemann está “Daí, a tão grande necessidade de uma cuidadosa eliminação de tais obstáculos à cura, pois sua doença foi, geralmente, agravada por tais influências nocivas e outros erros no regime de vida causadores de doenças que, frequentemente, passam despercebidos.” É imprescindível, portanto, para se obter sucesso com o tratamento, a eliminação dos obstáculos à cura do paciente realizando uma limpeza do terreno biológico de todas as formas de contaminação (exemplo: metais tóxicos, parasitas, radiação eletromagnética, cicatrizes, focos dentais, alimentos dissonantes, entre outros), de forma que o medicamento possa exercer sua força curativa sobre a energia vital. Com esses esclarecimentos, desejamos auxiliar nossos clientes na compreensão dos aspectos do tratamento homeopático e que vocês busquem um tratamento individualizado e integral para que alcancem um bem-estar físico, mental, emocional e espiritual.

Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar a sua experiência e os nossos serviços, analisando a navegação de nosso site. Ao continuar a navegação, consideramos que você aceita a sua utilização. Para mais informações confira nossa Política de Privacidade.

Abrir no WhatsApp
Olá, posso ajudar?